Jam session hoje à noite? :)

9.8.12

Imagine que toca um instrumento musical... e seu colega o chama ao palco. Sobe, começam a tocar um tema. Não existe ensaio. Não existe estrutura definida (apesar que ao fim de algum tempo torna-se intuitivo saber qual a parte da música que se vai a seguir). Se calhar nem conhece outros músicos que estão tocando consigo. Há espaço para todos improvisarem, tocarem sua linguagem, mostrarem sua personalidade e musicalidade. Fazer música... fazer uma jam!

Jam Session é, segundo o dicionário brasileiro, "uma reunião de músicos de jazz onde se improvisa com toda a liberdade". E apesar de jam (termo inglês) significar geleia, o que poderia ser associado a uma mistura de estilos, muitos músicos acreditam que é uma sigla usada por jazzistas: Jazz After Midnight. Mas hoje em dia o conceito alargou-se... não é utilizado para o jazz propriamente dito, mas sim para o momento musical.

Eu interpreto a Jam como uma conversa musical espontânea. Não é um discurso planeado, muito menos uma decisão unilateral sobre o que se diz. É preciso saber ouvir e falar no momento certo ou na dose certa. E faz-se música.

Hoje em dia muitos bares já têm o seu dia fixo para "Noite de Jam". É um convite a todos os músicos para tocarem o que quiserem e gostam, conviverem com outros músicos e outras linguagens, se actualizarem do que está passando no momento e alargarem seu círculo de contactos. É como eu penso "o recreio dos músicos"! De início tive "medo" do desafio, tocar sem ensaio com público... Mas a sensação é demais. Ter momentos específicos para fazer algo espontâneo é revelador! :)

You Might Also Like

0 comments