Reconhecer e identificar a desorganização (1)

1.5.13

É fácil identificar a desorganização a partir do momento em que sentimos que não damos recado de tudo! Porém no meu caso, eu quero e proponho-me a rentabilizar. Nesse sentido por onde começar? O que me está impedindo de ser melhor?


1. Local e condições de trabalho


Secretária/Escritório - Não acha um lápis no meio da bagunça? Não tem espaço para colocar o computador? Tem algo em especifico que o distrai? Uma janela, um quadro, uns cabos ou um barulho? Você não tem área de trabalho?

Email - Seu email está lotado? Sente que não consegue encontrar determinado email na sua caixa? Acha que está dependente do seu email e passando muito tempo nele para o tentar organizar? Ou passa muito tempo respondendo aos seus emails, por vezes com respostas bem longas?


Exercício 1:

Sente-se na sua área de trabalho e identifique o que o desmotiva ou distrai. Experimente tanto de olhos abertos, como de olhos fechados!

Exercício 2:

Você trabalha ouvindo música? Já sentiu que determinadas músicas contribuem para a sua falta de produtividade? Experimente realizar uma playlist para o momento específico de trabalho ou de estudo!

Como musicista que sou deixo aqui algumas dicas a ter cuidado na escolha do repertório:
- se dá por si continuamente a cantar a letra da canção enquanto trabalha, experimente um tema em uma língua diferente, um que você não saiba a letra ou um tema instrumental (sem voz)!
- procure ouvir repertório consoante a sua disposição e o tipo de trabalho que está a fazer. Não tem como eu dar exemplo pois gostos são gostos! Mas se está a fazer uma atividade que lhe dá sono ou o desmotiva, procure músicas que possam contrastar e complementar o momento com o que você precisa!
- se tem de ouvir música com headphones, por favor, oiça com bons fones! Tem uns que machucam a orelha fisicamente, tem outros cuja equalização é tão cheia de agudos que cansam o ouvido e o cérebro! É realmente importante!

You Might Also Like

6 comments

  1. Oi! Vi que anda destralhando e que a organização está na ordem do dia aqui no seu blog!

    Eu me mudei recentemente e ainda tenho caixas fechadas na minha casa; vou repensar a necessidade de guardar todas essas coisas uma vez que estou vivendo sem usá-las já por algum tempo.

    Gostei muito de ver você escrevendo sobre poluição sonora. Eu, que gosto tanto de música a ponto de ouvir pouco porque me toca tanto que às vezes não suporto a intensidade do sentimento, sou muito sensível a ruídos e gosto também de silêncio e ambientes tranquilos. Não consigo trabalhar com muitos sons e isso diminui a minha produtividade.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes o próprio silêncio é a resposta certa para a produtividade de muitas pessoas. Nesse caso trabalhar a paz e a procura de silêncio através da concentração e, quem sabe, alguma meditação pode ser bem revelador. É tudo um processo de descoberta de nós mesmos e daquilo que sentimos nesse momento ou fase da vida...

      Eliminar
  2. Até hoje quando escutava música só escutava música. Não conseguia conciliar música e trabalho, porque sempre parava pra cantar ou ouvir de novo aquela letra linda do Chico Buarque... Aí, ai... Daí que lendo seu post de hoje resolvi colocar música instrumental. O professor de música da escola emprestou o pen drive e sugeriu Miles Davis & John Coltrane... está ótimo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho neste comentário! Tens muita música instrumental mesmo! (E tambem tens um gosto musical cheio de qualidade!) Numa situação de muita concentração exigida eu coloco a rádio Smooth Jazz (através do iTunes), pois é um modo de ouvir boa musica instrumental diversa, sem ser aqueles standards que eu já sei decor! Quando preciso de energia por exemplo oiço temas dos anos 70/80 em que eu mais rápido canto os teclados do que a voz! Vai mesmo de cada um! Mas brevemente escreverei um post sobre o assunto, e o modo como eu tambem fui adaptando diferentes estilos musicais aos vários momentos profissionais da minha vida! Obrigado!

      Eliminar
  3. Nesse item comecei listando os locais de trabalho, como trabalho com o computador (sou publicitária e designer), listei os programas/espaços virtuais que uso para trabalhar, além do espaço físico (escrivaninha de trabalho). Depois fui olhando, refletindo como eu me sentia em cada espaço e listando as tarefas para melhorar.

    Gostei! Obrigada =]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rô! Cada vez mais o próprio computador consegue ser uma forte fonte de distração se não tomamos as rédeas! Obrigado pela atenção!

      Eliminar