Tem Bem Gasto (4ªparte)

7.3.14

Esta é a última parte do 1º capítulo do livro Tempo Bem Gasto do Mike Burns, que eu tenho estado a traduzir e a partilhar convosco em breve resumo. Confesso que achei este subcapítulo bastante interessante!



A Bússula e o Relógio


Eficiência significa realizar muita coisa.
Eficácia significa realizar as coisas certas.

Ser eficiente significa que conseguimos ser produtivos, ter muita coisa feita em pouco tempo. Porém ser eficaz significa que nós vivemos consoante os nossos valores pois escolhemos as actividades mais importantes na nossa vida.

Quando falamos em gestão do tempo as pessoas tendem a pensar em termos de eficiência, associando a calendários, datas limite, notificações e disciplina. Mas eficiência não é o suficiente. Você pode ser rígido e pontual, mas ineficiente; ou muito eficiente nas coisas erradas. Desse modo você progride mas na direcção errada.

Ainda, você foca-se tanto em completar tarefas que esquece o tipo de pessoa que quer ser.
Eficiência está assim ligada à velocidade. Pode ser medida com o relógio ("será que fiz tudo?").


Eficácia está ligada à orientação/direção.
Pode ser medida com uma bússula ("são estas as tarefas certas que me orientarão no caminho que quero?).

Uma bússula relembra-nos se estamos caminhando na direção certa... e o facto é que para o autor a única diferença entre uma bússula física (objeto) e uma pessoal (a que está no nosso interior) é que a nossa bússula pessoal mostra-nos o nosso próprio "Norte verdadeiro".

O autor salienta ainda que neste caso somos nós que treinamos a nossa bússula ao determinarmos a direção onde queremos ir.

Nesta fase o nosso objetivo não é ter mais coisas feitas mas sim as coisas certas. Com o passar do tempo tentaremos ter mais coisas certas feitas, não esquecendo que o conceito "coisas certas" são as coisas certas para você.


_

E aqui termina o capítulo 1 do livro, no qual são abordados os conceitos. Na próxima vez estarei refletindo sobre a componente prática!

You Might Also Like

0 comments