Manter-se minimalista

15.4.14

Se numa primeira fase ser minimalista exige um percurso para se viver com menos, num momento posterior ser minimalista exige manutenção. Acumular "tralha" é o pão nosso de cada dia numa atualidade assoberbada de publicidade, papel, compromissos e materialismo compulsivamente em upgrade.

Um minimalista pouco atento ou despreocupado com o destralhamento e a organização pode perder-se no próprio minimalismo. De um modo natural sinto que o fazemos sem pensar, mas a verdade é que sem querer (mesmo com aquele comportamento obsessivo de estar sempre a deitar coisas fora) acumula-se muita tralha/lixo ou coisas que não usamos ou deixaram de ser importantes.

Esta semana voltei a fazer uma rápida visita às 5 gavetas pequenas do wc e consegui deitar um saco de lixo fora: uns cotonetes espalhados, creme que não uso mais, maquilhagem fora de validade ou seca, umas embalagens a mais outras quase vazias, bem como produtos que deixei literalmente...

Outro facto é que quanto mais minimalista sou, mais quero ser. Já destralhei algumas vezes um armário com material antigo, tendo deitado muuuuuita coisa fora sobretudo da faculdade. Mas se lá entrar hoje destralho mais qualquer coisa. A questão não é se está bem destralhado mas sim o facto de estarmos sempre a mudar, nós e as nossas necessidades. Se eu achei bem destralhar um espelho pequeno há uns anos porque me bastava um pente e uma escova, hoje o meu cabelo se dá tão bem só com o pente, que entretanto para além da escova já destralhei o pente pois arranjei um menor bem mais perfeito!

O segredo é percorrer este caminho saboreando cada momento em que tenho tudo à mão na minha casa de banho e ainda a consiguir limpar em um máximo de 10-15 minutos. Menos lixo, menos despesas, menos stress. Exatamente o estilo de vida que prefiro!


You Might Also Like

3 comments

  1. menos é mais :) também estou nesse barco!
    ***

    ResponderEliminar
  2. Tão verdade! Comigo acontece exatamente isso. Um dia destralho o roupeiro, daí a uns tempos, mesmo não comprando nada de novo, encontro sempre coisas que já não me dizem nada e que acabo por despachar.
    Ser minimalista requer rotinas de destralhe.
    Parabéns pelo post
    Tenha um bom dia

    ResponderEliminar
  3. Hum... gostei demais da lembrança, porque depois que passei pelo primeiro ano sem compras desnecessárias, agora estou vivendo a manutenção. E percebo que é um desafio mesmo. E tenho achado até mais difícil sabe. Lindo dia!

    ResponderEliminar