Zero Waste - Book Review

26.1.15

Isto de viver na América do Norte tem as suas vantagens. Uma delas é uma biblioteca bem recheada de livros muito interessantes que irei apresentar aqui no blog nos próximos tempos!

Zero Waste Lifestyle, Live well by throwing away less de Amy Korst atraiu-me a atenção num ápice. O livro é bem simples, leve e com óptimo grafismo.


Ao longo da leitura há imensas sugestões de websites onde podemos encontrar associações ou informações sobre como fazer menos lixo. De um link voei para outros...e fiquei surpresa com a quantidade de informação que temos aqui no Canadá!


O livro tem 3 capítulos: começando, desafios sem lixo e próximas etapas. Dentro do capítulo desafios sem lixo encontra várias secções: na cozinha, wc, quarto, crianças, viajando, trabalho, limpeza e férias ou ocasiões especiais. Cada um tem uma lista que funciona como um resumo, o que torna a informação muito memorável.


As sugestões passam não só por estratégias mas por receitas também que vão sendo dadas ao longo do livro.


As listas ajudam a refletir...


Mas o livro não é apenas de reflexão. Nele vai encontrar várias ideias e explicações bastante práticas.


Sinto-me muito envolvida com este assunto. Mais ainda por estar num país onde a informação e o movimento sobre o assunto é bastante desenvolvido.

Comprei a minha caneca portátil (muito comum aqui onde vivo) para deixar de usar os copos descartáveis para o café ou chá. Também reparei que as pessoas nem sempre colocam a fruta e os legumes em sacos plásticos. Por exemplo, pegam em duas batatas, um cacho de bananas e uma beringela e colocam dentro do cesto das compras. Só.

Estou sensibilidade a investigar mais sobre o assunto. Aconselho vivamente este livro, tão cheio de informação e ideias.

You Might Also Like

1 comments

  1. Olá Fátima espero que esteja a correr tudo bem por aí!! Estou curiosa por ler o livro, aqui em França existe um que é muito conhecido, Zero déchet de Béa Johnson. É curioso que aqui também não colocam as frutas e legumes em sacos. E noto que têm uma sensibilidade maior em relação à reciclagem e aos desperdícios que fazemos.
    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar